Sobre a raça

Uma das mais dóceis e afetuosas raças de gato, o Sphynx é totalmente amigável e gosta de ser acariciado. De modo geral, adora ficar constantemente colado ao dono, exigindo carinho e atenção. É carente, mas não ciumento.  De pequeno para médio porte, uma de suas características que chamam a atenção é a ausência de pelos.

 

Originário do Canadá, conhecido também como “Canadian Sphynx”, não é uma raça híbrida ou “fabricada”. É fruto de uma mutação genética natural espontânea advinda de um gene recessivo, que por sua vez se originou de cruzamento de gatos domésticos. Os relatos mais antigos a respeito deste felino é de um casal de gatos pelados do Novo México em 1902, que pertencia a uma comunidade indígena. Nos anos 1970, uma família canadense recolheu uma ninhada da rua de gatos sem pelos para protegê-los do inverno. Depois, alguns anos mais tarde, Hugo Hernandez começou a purificação da raça, a partir de filhotes diretos dos gatos canadenses, introduzindo este animal na Europa.    
     

O corpo deste gato tem comprimento médio, é  musculoso e com certa protuberância na barriga em formato de pera, mas não é obeso.  A pele dele varia, dependendo da linhagem e da constituição de oleosidade e secreção de gordura. 

Pode ser encontrado em quase todas as cores. Nas sólidas, há colorações branca, creme, azul e preto. Nas cores ponteadas, pode-se encontrar o black-point (ponta das orelhas e nariz pretos no corpo azul-acinzentado), o blue-point (ponta do nariz azul-acinzentado mais forte do que o corpo), o crema-point (ponta do nariz e das orelhas com toque creme-alaranjado no corpo creme). Nas cores mescladas, existem o arlequino (corpo branco ou creme mesclado com preto ou azul) e o tortie (aspecto tricolor com efeito de casco de tartaruga).

A raça não requer muitos cuidados, mas é pouco tolerante ao sol em virtude da falta de pelos. Por isso, é preciso evitar exposição ao sol, que causa queimaduras e provoca manchas de pele, sardas e envelhecimento precoce. E não há no mercado nenhum protetor adequado a esses gatos.

É bem tolerável a pessoas alérgicas. Todavia, o que causa a alergia a gatos  não é o pelo, mas sim uma proteína encontrada na saliva, urina e glândulas sebáceas, dissipada pela lambedura. O Sphynx não possui esta proteína e, por isso, pode ser considerado hipoalergênico.

Este gato gosta de passear pela casa, dormir na cama, subir no colo e pedir carícias. Seu afeto está ligado à inteligência, de modo que identifica rapidamente pelas reações e comportamento quem está perto e com quem  pode contar.  É uma raça que desperta afetuosidade até de pessoas que não sabem manifestar esse sentimento. Por isso, é ideal para pessoas com  limitações e portadoras de deficiências. 

Três características resumem a raça Sphynx:

RESISTÊNCIA

 O Sphynx é um gato bem resistente se for bem cuidado.

 

Dificilmente apresenta problemas de saúde e não há doenças congênitas quando se sabe a procedência dos filhotes.
 

DOÇURA

A doçura é o que mais impressiona no Sphynx. Diferente de outras raças, ele não agride, não levanta a pata para se defender e nem arranhas as pessoas ou o dono.

 

Em geral, são ternos, carinhosos e interagem constantemente com as pessoas.

CARÊNCIA

Se por um lado a raça é bem resistente, por outro lado, o Sphynx é um gato muito carente. Quer companhia o tempo todo, quer carinho constante. É um gato que se apega ao dono e que sofre se ficar muito sozinho.

 

Diferentemente das outras raças de gato, não é tão independente quanto a fama geral dos gatos.

VEJA TAMBÉM:

Sphynxs 

Gênnetos Gatil

Santo André | São Paulo | Brasil

Nossas redes:

  • Gênnetos Gatil - Sphynxs
  • Gênnetos Gatil - Sphynxs

©Gênnetos Sphynx & Lykoi - Todos os direitos reservados